Categoria: PNL (page 1 of 3)

Fanático ou uma vida com propósito?

O mundo de hoje está em um frenesi total, muitos andam sem saber o seu real sentido de direção, constantemente nos deparamos com notícias de assassinatos e suicídio por se perder o valor da vida humana e a autovalorização. Ter um propósito na vida é extremamente essencial para encontra dentro de si razão para viver. Nós não nascemos somente para trabalhar e pagar contas, fomos formados para um propósito maior, que talvez nem o conheçamos, esse propósito se dá deste o ventre materno e nos persegue por toda uma vida. Alguns encontram seu propósito, outros vivem a vida toda somente para encontra-lo nos seus últimos dias de existência e há aqueles que nunca entenderão o porquê estiveram neste mundo. Os que entendem seu propósito persegue de forma determinada e constante, se esforçam ao máximo, entendem que haverá obstáculos e pessoas em seu caminho que irão apoiar e outras vão o desestimular, talvez porque não estejam olhando através de sua ótica. Outros dirão que você é fanático.

A etiologia da palavra “Fanático” veio do Latim FANATICUS, “louco, entusiasta, inspirado por algum deus”, originalmente “relativo a um templo”, FANUM. O fanático, parece que também tem um objetivo a ser seguido, são insistentes e persistentes, mas são insanos. Insano também do latim “insanus”, louco, demente, torturadores, extravagante, excessivo, que não está no domínio de suas faculdades mentais, ou seja, um transtorno que acometem aqueles que não ouvem, são imutáveis em seus objetivos, pode até agredir de forma física ou verbal outros.

A filosofia coloca o fanatismo dividido em três grandes classes: Política, Esporte e Religião. Se você parar e pensar verá que para cada uma dessas classes você terá um modelo do “ser fanático”. Porém, a palavra Propósito está ligada a um objetivo respeitando o limite de cada indivíduo para atingir sua meta. Há uma linha muito tênue entre “ser fanático” e “ter uma vida com propósito”, porque ambas as formas existem um objetivo a ser alcançado. Então como diferenciar esses dois tipos de pessoas? Penso e acredito que seja necessário olhar as ações ao redor das pessoas das seguintes formas:

1.º Poder do ouvir

Ouvir é uma arte que deve ser praticada por todos, há provérbios que diz: “ ouve, e torna-te sábio e dirige teu coração pelo caminho” “existe mais sabedoria no ouvir do que no mundo de falácia”, outro provérbio diz: “a língua pode ser uma espada mortal”. Ouvir atentamente o outro abrindo o coração e a mente pode fazer a diferença entre uma pessoa de vida com propósito e o fanático.

2.º Liberdade de auto expressão

A liberdade de auto expressão deve ser praticada e notada pelos que estão ao redor do indivíduo, mas se a auto expressão levar a danos físicos, mentais e morais, fugindo da ética da vida, está auto expressão esta prejudicada e compromete a linha entre propósito e fanatismo.

3.º Discernimento

O discernir entre o certo e o errado vai depender da sociedade onde o indivíduo está inserido, seus valores éticos e morais. Importante entender esta inserção, pois, é dali que surge o ponto de partida para o mundo entre o ser humano e a sociedade.

Finalizo aqui pensando, será que vivemos defendendo uma causa fanática e trazendo danos as pessoas? Ou nós vivemos uma vida com propósito para impactar positivamente a própria vida e os que estão ao redor? Ouça e tenha liberdade de auto expressão com discernimento, você decide em ser um fanático ou ter uma vida com propósito.

Você possui as coisas ou elas te possuem?

Precisamos perceber a diferença em ter coisas para si ou permitir que coisas nos tenham.

Quando adquirimos algo, tomamos posse do que foi adquirido, guardamos onde queremos, atribuímos-lhe um nome, temos a decisão de emprestar o bem adquirido ou não. Quem é dono de algo pode até mesmo escolher em dar sua propriedade a alguém. Ou seja, quem possui algo tem a total liberdade de manipulação da sua posse, usando-a como e quando quiser. O dono é um ser autônomo e livre.

Leia mais…

Uma habilidade que gera prosperidade

O incrível poder da presença

Você já se sentiu totalmente perdida no tempo? Desconectada do momento presente? Preocupada com algo futuro ou presa em alguma situação do passado? Já percebeu que muitas vezes perdemos oportunidades e momentos importantes de nossas vidas?

Leia mais…

Benefícios da inteligência emocional no esporte

Muito se fala sobre os atletas de alto rendimento, é possível citar vários em diferentes esportes. A dúvida de muitos é como conseguem atingir tal nível e lidar com a pressão e o assédio que o sucesso gera. Há atletas que após encerrarem suas carreiras conseguem manter um padrão, multiplicando seus ganhos, enquanto alguns continuam em outras áreas ligadas ao esporte e outros partem para o empreendedorismo.
Em contrapartida existem diversos talentos que não atingem seus sonhos e os resultados esperados, ou atletas que ao final da carreira não conseguem ter foco para continuar sua trajetória.

Leia mais…

Visão ampliada: os olhos do coração

Já disseram que os olhos são a janela da alma.

O olhar diz muito sobre o estado emocional das pessoas, diz respeito ao modo profundo ou raso que cada ser ver o mundo a sua volta.

Mas hoje quero lhe convidar a desenvolver uma VISÃO AMPLIADA para com o outro, é um convite à transcendência dos olhos físicos para os OLHOS DO CORAÇÃO.

Leia mais…

Seja mais autoconfiante reprogramando valores e crenças limitantes

É fato! A vida de muitos é reflexo das expectativas do seu grupo de relações. Segundo Percia, algumas vezes, com “a melhor das intenções” o grupo “te puxa para baixo” temendo, inconscientemente, perdê-lo. Então, como sugere o próprio Andre Percia, você não precisa abandonar esse grupo, mas fazer escolhas diferentes, até que o grupo aprenda a acatá-las e, quem sabe, deixar-se liderar por você, se este for o caso.

Leia mais…

O quarto secreto!

 

Talvez você já tenha ouvido falar ou até mesmo tenha um local em sua residência no qual guarda aqueles objetos que não pretende utilizar mais com tanta frequência e que ao mesmo tempo não quer se desfazer deles.

Aquele local no qual guardamos os materiais que sobram da obra da residência, para caso um dia precise ser utilizado novamente numa reforma futura. Onde guardamos também aqueles objetos que temos um apreço sentimental e queremos guardar em um local seguro para não ficarem expostos a possíveis acidentes ou que guardamos pelo fato de não mais combinar com a decoração da casa no momento, mas que o valor sentimental permanece impedindo que seja doado ou descartado.  Chamarei este lugar carinhosamente de “o quarto secreto”.

Leia mais…

O quebra-cabeça de nossa vida!

Você gosta ou gostava de montar quebra-cabeças?

Já notou que para cada indicação de faixa etária um desafio específico é proposto? Em número de peças, tipo de imagem, cores e tamanhos definidos?

Leia mais…

Sonho ≠ Projeto

“PROJETO” é um plano; planejamento que se faz com a intenção de realizar ou desenvolver alguma coisa, um esquema; noção inicial, escrita e detalhada do que se pretende desenvolver; aquilo que se pretende realizar, de acordo com esse esquema. Ex.: projeto de pesquisa; projeto de limpeza do Rio Tietê.

Leia mais…

Como agregar valor ao produto

É extremamente importante o vendedor entender sobre esse assunto. O produto precisa ser desejado. E para ele ser desejado, valem muito a publicidade e a exposição na vitrine da loja. Estes itens também fazem parte da valorização do produto. Quando um produto é anunciado separadamente dos demais, ele é mais valorizado. Quando se expõe na vitrine um produto isolado, separado dos outros, ele é tratado como peça única. Dessa forma, irá agregar mais valor ao produto.

Leia mais…

« Older posts

© 2019 Literare Books

Theme by Anders NorenUp ↑