Você é uma daquelas pessoas que vive procrastinando?

Deixa para amanhã o que pode fazer hoje?

Este ato é conhecido como “Procrastinação”, palavra que vem do latim procrastinatus, que assim se traduz: pro (a frente) e crastinus (de amanhã).

Alguns consideram esta atitude como sendo normal, porém, as pessoas que procrastinam, vivem estressadas, com sensação de culpa e envergonhadas por não conseguirem cumprir suas metas, projetos , atividades ou tarefas que se propõem a fazer.

Você já se matriculou em uma academia, e depois de algumas semanas, deixou de ir? Se matriculou em algum curso, e não foi até o fim? Iniciou algum projeto e parou pela metade?

Estes são alguns dos sintomas da procrastinação.

Em geral, os procrastinadores possuem baixa auto-estima, sofrem de ansiedade e tendem a ter pensamentos negativos sobre si mesmos.

O que fazer para combater este mal?

Em primeiro lugar é necessário buscar a causa , que geralmente é uma (ou várias) crença(s) limitante(s): “Não posso, não consigo, não vai dar certo, isto só acontece comigo” – são exemplos de crenças limitantes , e que precisam ser combatidas com crenças fortalecedoras, como por exemplo: ” eu posso, eu consigo, vai dar tudo certo”, e exercitar este tipo de mentalidade.

Não basta só pensar, é necessário falar, se possível até gritar, e colocar para fora estes pensamentos vencedores, até que se torne um hábito em sua vida. Coloque no papel estas frases, em algum lugar que você possa visualizar, e, sobretudo, acredite que você é capaz.

Existem algumas técnicas e ferramentas que auxiliam a pessoa que é procrastinadora a sair deste estado, e alcançar seu nível de excelência.

Se deseja saber mais sobre isso, entre em contato comigo, e agende sua sessão de Coaching, ou contrate uma palestra e nos leve até sua empresa.

Visite o site :

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!