Mapeamento de vida: uma visão de sucesso

 

O sucesso é mais do que ganhos, títulos e graus econômicos. Planejar o sucesso é mapear todos os aspectos da sua vida. Semelhante a um mapa, você precisa definir os seguintes detalhes: origem, destino, veículo, mochila, pontos de referência e rota.

Origem: Quem é você.

Um mapa tem um ponto de partida. Sua origem é quem você é agora. A maioria das pessoas, quando solicitadas a se apresentar, dizia: “Olá, sou Dayana e sou uma aluna do último ano do ensino médio de 17 anos”. Ela não fala sobre quem é Dayana; só lhe diz sua preocupação presente. Para obter insights sobre si mesmo, você precisa olhar atentamente para suas crenças, valores e princípios, além de seu status econômico, profissional, cultural e civil. Além disso, você também pode refletir sobre suas experiências para lhe dar insights sobre suas boas e não tão boas características, habilidades, conhecimentos, pontos fortes e fracos. Após a introspecção, Dayana percebeu que ela era altamente motivada, generosa, orientada para o serviço, mas impaciente. Sua inclinação estava no campo médico-biológico. Além disso, ela acreditava que a vida deveria servir a um propósito e que as guerras eram destrutivas para a dignidade humana.

Destino: Uma visão de quem você quer ser

 

“Quem você quer ser?” Esta é a sua visão. Agora é importante que você se conheça para ter uma ideia mais clara de quem você quer ser; e as coisas que você quer mudar, sejam atitudes, hábitos ou pontos de vista. Se você mal conhece a si mesmo, então sua visão e metas para o futuro também não seriam claras. Seu destino deve cobrir todos os aspectos do seu ser: o físico, emocional, intelectual e espiritual. Continuando a história fictícia de Dayana, depois que ela definiu suas crenças, valores e princípios na vida, ela decidiu que queria ter uma vida dedicada a servir seus semelhantes.

Veículo: Sua missão

Um veículo é o meio pelo qual você pode chegar ao seu destino. Em grande medida, sua missão dependeria do que você sabe sobre si mesmo. Baseando-se na auto avaliação de Dayana, ela decidiu que era adequada para se tornar médica e que queria se tornar uma. Sua vocação escolhida era uma médica. Descrevendo sua missão de visão integralmente: era viver uma vida dedicada a servir seus semelhantes como médica em áreas de conflito.

Mala de Viagem: Seu conhecimento, habilidades e atitude

Alimentos, bebidas, remédios e outras necessidades de viagem estão contidos em uma sacola. Aplicando este conceito ao seu mapa de vida, você também traz certos conhecimentos, habilidades e atitudes. Eles determinam sua competência e ajudam você a alcançar sua visão. Diante disso, é necessário que você avalie quais conhecimentos, habilidades e atitudes você tem no momento e o que precisa ganhar ao longo do caminho. Esta avaliação dupla lhe dará insights sobre seus pontos de referência ou medidas de sucesso. Dayana percebeu que precisava adquirir conhecimentos e habilidades profissionais em medicina para poder se tornar médica. Ela sabia que ela era um pouco impaciente com as pessoas, então ela percebeu que isso era algo que queria mudar.

 

Pontos Turísticos e Roteiro: S.M.A.R.T. Objetivos

 

Ao planejar sua vida, você também precisa ter pontos de referência e uma rota. Esses pontos são suas medidas de sucesso. Essas medidas devem ser específicas, mensuráveis, realistas e limitadas no tempo. Assim, você não pode definir dois pontos importantes, como obter um mestrado e um doutorado em um período de três anos, já que o número mínimo de anos para concluir um mestrado é de dois anos. Voltando a Dayana como exemplo, ela identificou os seguintes pontos em seu mapa de vida: completar um diploma de bacharel em biologia aos 21 anos; completar a medicina com a idade de 27 anos; ganhando sua especialização em doenças infecciosas com a idade de 30 anos; ser implantada em hospitais públicos locais de sua cidade aos 32 anos; e servir como médica em áreas devastadas pela guerra com a idade de 35 anos.

 

Antecipar Voltas, Desvios e Buracos

O propósito do seu mapa de vida é minimizar as decisões precipitadas e imediatas que podem fazer você perder o seu caminho. Mas, muitas vezes nossos planos são modificados ao longo do caminho devido a algumas inconveniências, atrasos e outras situações além do nosso controle. Como em qualquer caminho, há voltas, desvios e buracos, mas, devemos antecipá-los e ajustar de acordo com o nosso destino.

 

——————————————-

 

Autor: TALES EDUARDO DE MACEDO LIMA (Tales Macêdo)

Graduado em Marketing pela Universidade Veiga de Almeida, MBA Executivo em Gestão Estratégica de Publicidade e Propaganda, 5 formações em Coaching, e Coautor do Livro Segredos de Alto Impacto (Editora Literare Books Internacional – 2018

 

 

 

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!