“Eu estava prestes a ser promovida, agora estou correndo o risco de ser demitida, tudo por causa  de um assédio moral que sofri no ambiente de trabalho, registrei o caso no RH da Empresa, na visão do meu diretor, eu deveria ter jogo de cintura, mas eu sinto que não tenho inteligência emocional suficiente para lidar com situações adversas, muito menos quando são deveras abusivas, mas sei que preciso ter sangue frio e aprender a lidar com essas situações pelo meu bem, dos meus filhos e da minha família, cansei de perder para mim mesma”.

Leia mais…