O foco triplo, idealizado por Daniel Goleman, considerado o pai da inteligência emocional, pode ser assumido como um caminho para o desenvolvimento dos líderes.

Segundo Goleman, a tarefa básica da liderança é conduzir a atenção dos seus liderados. E, para fazer isso, os líderes precisam concentrar sua própria atenção em três focos: interno, no outro e externo.

O foco interno (conhecer a si mesmo) pode ser relacionado ao autoconhecimento. E a busca pode acontecer por diferentes caminhos. Entre eles, o uso de instrumentos, por exemplo, o MBTI (Myers-Brigg Type Indicator) para conhecer o perfil psicológico, que identifica as preferências do indivíduo. Uma outra possibilidade é o acesso à pesquisa das Forças de Caráter, no site Via Character, usando a psicologia positiva. Além dessas fontes, o livro “Seus Pontos Fortes” também oferece o acesso a um questionário por meio de um código de barras que se encontra em uma de suas contra capas.

No foco no outro, trata-se de desenvolver a sintonia com outras pessoas. E, dentre as habilidades interpessoais que precisam ser desenvolvidas, está a empatia. Segundo Goleman, existem três tipos de empatia. A empatia cognitiva permite que se entenda a perspectiva da outra pessoa, como se estivéssemos vendo o mundo pelos olhos dela. Manifestando a empatia emocional, a pessoa detecta como a outra está se sentindo. E, com a preocupação empática, o líder está conectado e percebe as necessidades das pessoas em torno dele.

O foco externo (compreender o mundo) pode ser resumido como despertar a visão sistêmica: ver o todo (a floresta) e ver a parte (a árvore). A resposta está no “e” em vez do “ou”. O verso “Ou isto ou aquilo” de Cecília Meireles precisaria ser adaptado. Considerando que a dinâmica de uma organização pode ser vista como um sistema, para melhorar sua atuação e seus resultados, os líderes precisariam desenvolver os hábitos de um pensador sistêmico, dentre eles:

– Procurar entender o cenário mais amplo;

– Observar como os modelos dentro do sistema mudam com o tempo, gerando padrões e tendências;

– Reconhecer que a estrutura de um sistema gera seu comportamento;

– Mudar perspectivas para aumentar a compreensão;

– Considerar uma questão plenamente e resistir ao impulso de chegar a uma rápida conclusão;

– Considerar as consequências de uma ação tanto ao longo prazo quanto ao curto prazo;

– Considerar de que maneira os modelos mentais afetam a realidade atual e o futuro;

– Verificar resultados e mudar ações, se necessário: “aproximação sucessiva”.

E você, em qual foco tem investido para seu desenvolvimento?

Referências:

Liderança: a inteligência emocional na formação do líder de sucesso. Daniel Goleman. Ed. Objetiva. 2015

Psicologia Positiva – Pesquisa de Forças de Caráter

http://www.viacharacter.org/www/Character-Strengths-Survey

Descubras seus pontos fortes. Marcus Buckingham e Donald O. Clifton. Ed. Sextante. 2011.

O foco triplo. Daniel Goleman e Peter Senge. Ed. Objetiva. 2016.

Imagem: Alan Pottinger por Pixabay.

Originalmente publicado em:
http://eduvir.com.br/novo/foco-triplo-caminho-para-desenvolver-a-lideranca/