Atualmente se tornou cada vez mais necessário falar sobre gestão do tempo. Existem empresas e profissionais especializados em ajudar pessoas na organização de suas agendas, no estabelecimento de prioridades e no aumento de produtividade… Enfim, virou moda falar sobre esse tema. Eu mesmo estou sempre lendo e escrevendo alguma coisa sobre esse nosso bem mais precioso… O TEMPO!

Mas até que ponto nós devemos ficar preocupados com o tempo? Recentemente tentei controlar minha produtividade no detalhe, uso a ferramenta do Google Agenda, fazendo planejamento e anotações para (quase) todas as ações do dia, quanto tempo levava para fazer cada coisa, onde investia mais tempo, quanto tempo para reuniões, tempo livre entre uma reunião e outra, pausa para almoço… Ufaaa! Realmente não ter uma agenda bem organizada e detalhada, leva ao stress qualquer profissional dinâmico.

“não ter uma agenda bem organizada e detalhada, leva ao stress qualquer profissional dinâmico”.

Para muitas pessoas a sensação é de que o tempo está passando cada vez mais rápido, e com isso sobra menos tempo para realizar as coisas. O futurista Alvin Toffler já falava na década de 70, que para uma criança o tempo parece não passar, um dia na vida de uma criança parece uma eternidade, já para um adulto o tempo parece ser muito mais rápido, para um idoso, nem se fala, o tempo voa.

“um dia na vida de uma criança parece uma eternidade”

Porque que isso acontece? Acredito que um dos principais fatores para essa sensação de que o tempo mais acelerado vem da nossa própria rotina. A criança está sempre fazendo alguma coisa diferente, aproveitando ao máximo cada pequena coisa, cada brincadeira. Enquanto isso, nós adultos, criamos um sistema de repetição que nos ajuda a deixar a vida mais prática, mas também mais monótona. Entenda que as rotinas são necessárias para manter a ordem das coisas, mas também contribuem para que você entre em um estado automático.

Eu recomendo que você esteja PRESENTE em cada minuto do seu dia. Se estiver participando de uma reunião, esteja ali, não pegue no telefone celular para ler e-mail e acessar redes sociais, não fique pensando nas coisas que tem que fazer depois. Se estiver atendendo um telefone coloque toda sua atenção no momento. Se estiver tomando um café na padaria antes de ir ao escritório e só tiver 15 minutos para isso, viva intensamente esses 15 minutos. Eu pratico isso há mais de 10 anos e tem me ajudado muito em minha produtividade e profundidade nos temas abordados.

“esteja PRESENTE em cada minuto do seu dia”

Lembre-se que velocidade é diferente de pressa. Os apressados estão sempre atrasados e lutando contra o tempo, são estressados e vivem repetindo as coisas que fizeram mal feitas.

No meu próximo artigo, vou indicar as ferramentas mais usadas pelos principais CEOs no Brasil e no mundo para organizar e melhorar a produtividade.

Pense nisso!

Um abraço e excelente fim de semana.

Farias Souza

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!