“…a tecnologia em constante evolução continuará transformando a forma como interagimos.”

Estar conectado por plataformas digitais tem rapidamente saído da teoria e de tendências, para a experimentação e realidade, especialmente para o universo de cobrança.   

E não é somente para pessoas físicas, pois está cada vez mais forte a presença e utilização de plataformas como importantes ferramentas de comunicação e de maiores resultados para o mundo corporativo – B2B.

Quanto maiores são as evoluções tecnológicas, maiores são as expectativas e exigências.  As pessoas não querem mais ser acionadas em seus expedientes e afazeres diários por ligações, e optam por mais “liberdade” e comodidade em suas negociações, de forma discreta, onde, quando e no horário de suas escolhas. Interagir com a máquina, com um “e-negociador” gera mais conforto e tranquilidade para grande parte dos inadimplentes, do que falar com o humano, quando o assunto é, especialmente, dívidas.

As plataformas de autonegociação chegaram para mudar, ou pelo menos incrementar esta interação entre credor e inadimplente, e quem investe nesta ferramenta, já tem a percepção de valor quando os seus resultados são aumentados exponencialmente com a geração de acordos para pagamentos fora do expediente (antes, depois, inclusive finais de semana), preferência de 71% dos entrevistados (aumento de mais de 32% nos último 02 anos), segundo pesquisa realizada pelo IgEoc  (Instituto de Gestão Operacional em Cobrança) – www.igeoc.org.br  – com 2258 devedores em 2018.

Esta pesquisa foi apresentada no CMS Business Revolution Brasil 2018, que aconteceu entre os dias 23 e 24 de outubro em São Paulo, pelo Sr. Jefferson Frauches VianaPresidente da Way Back, e demonstra claramente o crescimento ascendente da preferência pelas ferramentas digitais em nosso dia a dia, onde quase 60% utilizam a internet para fazer pagamento de contas, sendo que destes, 49% já fizeram algum tipo de negociação por canais digitais e mais de 41% deram preferência para os portais de autonegociação.

Números que mostram uma realidade sem volta, onde a tecnologia em constante evolução continuará transformando a forma como interagimos.  

Teremos que nos adequar e reaprender a nos comunicar se não quisermos desaparecer.

Sua empresa já esta conectada com o mundo digital?

Fonte: IgEoc – www.igeoc.org.br  – Estudo devedores do Brasil 2018.

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!