Sempre ouvimos que nossa vida profissional deve andar junto com nosso propósito de vida!

Por que então 90% da população não consegue? É porque o país está em crise financeira? É por que paramos de nos cuidar?

Vamos imaginar que a cena ideal é você estar satisfeito em todas as áreas da sua vida, ou na maior parte delas. Por que então, não nos permitimos isso? Por que sempre estamos tão insatisfeitos com nosso trabalho?

Acredito que a resposta é: porque dedicamos muitas horas do nosso dia, semana, mês e ano só ao nosso trabalho e esquecemos que somos plurais. Para suprimir esta pluralidade, nos anestesiamos com nossas compulsões, na maioria das vezes alimentares, e não nos damos conta. Criamos um círculo vicioso de insatisfação, estresse, compulsão alimentar e culpa e em seguida recomeçamos. Por que repetimos este padrão? Porque repetir padrões nos mantém na nossa zona de conforto, naquele lugar conhecido sem surpresas.

Como lidar com esta questão de uma maneira fácil e eficaz? Vou te ensinar uma estratégia simples que te trará uma nova vida:

Primeiro passo: feche os olhos e visualize coisas que gosta de fazer. Agora pegue um papel e faça uma lista, sempre se perguntando “o que mais”: (gosto de passear/gosto de cantar/gosto de dançar/gosto de costurar/gosto de desenhar etc.). Assim que terminar sua lista releia e veja se está completa.

Segundo passo: na frente de cada item coloque a data da última vez que fez estas coisas que gosta tanto.

Terceiro passo: eleja um dos itens para investir um tempo da sua semana nele, por exemplo – gosto de cantar. Quais as oportunidades que pode criar para cantar? Posso ligar o karaokê no youtube/ posso cantar no coral da igreja/ posso fazer aula de canto/…. Agora escolha por onde começar, coloque data e hora para este novo compromisso e o incorpore à sua rotina.

Depois de 21 dias esta nova atividade estará incorporada na sua vida e aí, você volta na lista e escolhe outro item para colocar em prática.

Você pode estar se perguntando: Por que fazer isso? E eu te pergunto: E por que não fazer?

Saiba que o mesmo esforço que você faz para se sabotar, você fará para se amar e se cuidar!

Destinar uma hora do seu dia para fazer o que gosta, te possibilitará criar um círculo virtuoso: satisfação, bem estar, auto estima e felicidade. A compulsão pela comida será coisa do passado. Há uma pesquisa inglesa recente que comprovou que pessoas felizes comem menos que pessoas tristes.

E lembra as 3 perguntas iniciais? Dos Por quês?

Você pode descobrir que seu trabalho não é tão ruim assim, que a crise do país vem para nos trazer novos aprendizados, que se cuidar pode ser muito prazeroso e, por último, descobrir que ser feliz é um excelente proposito de vida!

Jeanne Lima, Coach pela Behavioral Coaching Institute (EUA). Autora da Metodologia Marma, especifica para Coaching de Emagrecimento. É professora da Formação de Coaching de Emagrecimento Método Marma para profissionais da área da Saúde. Membro da Sociedade Brasileira de Coaching desde 2011.

www.coachingmarma.com.br / insta: coachjeanne / whatsapp: 11 99608-6604

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!