No ano de 2011, o coaching ainda era bem desconhecido e estava aparecendo como uma novidade no Brasil, ganhando cada vez mais adeptos. Eu cruzava os céus do país à bordo das aeronaves, para formar coaches, cada dia em uma cidade diferente, eram tantos os voos, que alguns tripulantes já até me conheciam: “– Opa, Sr. Nelson, tudo bem? Qual é a cidade da vez?”.

Outras também me perguntavam acerca do meu trabalho e eu respondia: “– Eu faço formação em coaching!”. A pergunta seguinte era inevitável: “– Puxa, que bacana, mas o que é, exatamente?”. Naquela época, havia pouca informação e literatura disponível, diferentemente de hoje em dia. Ainda assim, mesmo com tanta informação, muitas pessoas ainda tem dúvidas em relação ao coaching e confundem com outras abordagens, inclusive alguns que se dizem coaches.

Portanto, para acabar com essa dúvida, entenda exatamente o que um coach faz e contrate o profissional adequado para a sua necessidade:

  1. Coaching X Mentoria

Mentor, é o profissional que orienta o cliente com base em sua experiência pessoal, indicando os caminhos a seguir. Ele transmite know-how em conhecimentos básicos do cotidiano e sua prática pode incluir assessoria, aconselhamento e coaching. O processo de coaching, por sua vez, concentra-se exclusivamente em ajudar indivíduos ou grupos a alcançarem seus próprios objetivos sem apontar o caminho das pedras.

  • Coaching X Aconselhamento

Como o próprio nome indica, trata-se de alguém que emite opinião própria acerca de um determinado assunto exercendo uma forte influência sobre a tomada de decisão da pessoa aconselhada. No coaching, o profissional não orienta, aconselha ou emite opinião, ele apenas faz perguntas assertivas para estimular a reflexão por parte do cliente, até chegar às suas próprias conclusões.

  • Coaching X Treinamento

O treinamento, é pontual e tem por objetivo desenvolver habilidades específicas no indivíduo para o bom desempenho de um cargo ou função. Já o coaching é um programa de desenvolvimento contínuo e não tem o propósito de transferir know-how nem desenvolver uma habilidade específica no indivíduo por meio de instrução.

  • Coaching X Terapia

A terapia tem o propósito de aliviar as dores físicas e emocionais do indivíduo por meio de várias vertentes que vão desde as abordagens psicológicas, passando pelas terapias holísticas até atingir as físicas e emocionais, frequentemente tem seu foco voltado para questões do passado que prejudicam, de alguma forma, o indivíduo no momento presente. No coaching, por sua vez, o foco é voltado para o futuro, de modo a propiciar o desenvolvimento pessoal do indivíduo, em uma sessão rica e desafiante, com ações concretas e acompanhamento sistemático. Interessante é que, embora o coaching não seja terapia, tem um efeito terapêutico por proporcionar sentimentos e emoções positivas como resultado natural do processo em si.

  • Coaching X Ensino

É a relação existente entre o mestre e o discípulo, professor e aluno, onde um sabe e o outro não. Desse modo, aquele que detém o conhecimento é quem tem o poder e é ele, portanto, que o transmite ao aprendiz, seguindo o tradicional aprendizado linear com um conteúdo pré-estabelecido. Nesse caso, portanto, o conteúdo é fornecido pelo profissional, diferentemente de um processo de coaching, onde a relação de parceria e de confiança é que deve prevalecer. Neste sentido, cada um entrega o seu melhor, visando obter resultados extraordinários de modo a atingir o estado desejado. Nesta relação, os objetivos e conteúdo do programa são definidos pelo cliente.

  • Coaching X Consultoria

Normalmente as empresas contratam um consultor para diagnosticar, planejar, prescrever e, em alguns casos, implementar soluções, ou seja, o seu papel é de transferir kow-how acerca de uma determinada coisa, sistema ou situação. Já no coaching, acredita-se que o cliente seja capaz de gerar as suas próprias soluções, inclusive com a autonomia de tomar a decisão, e se for necessário, de buscar um apoio técnico especializado para atingir seus resultados.

  • Coaching X Treinador esportivo

Normalmente, o profissional coach é confundido com o treinador esportivo, sendo que este segundo, frequentemente orienta e direciona o comportamento do atleta ou da equipe, com base em suas experiências e conhecimentos pessoais, além de se concentrar em corrigir os comportamentos que estão sendo mal ou incorretamente executados. No coaching, embora existam essas propriedades técnicas por parte do profissional, é a experiência e o conhecimento do atleta ou equipe que determinam a direção do programa, além de identificar potenciais oportunidades de desenvolvimento com base nos pontos fortes e nas capacidades dos atletas e/ou equipes.

Quer saber como melhorar utilizar técnicas e recursos do coaching associados a outras abordagens similares para aumentar os resultados em gestão e melhorar a performance da sua equipe? A Cia Brasileira de Coaching está com uma nova turma de líder coaching e autogestão no período de 21 a 22/05/2019 em Belém. Obtenha maiores informações através do nosso whatsapp (11) 99546 8145.

Gostou do tema? Tem alguma dúvida ou quer  que eu escreva sobre algum assunto em especial? Envie sua opinião para o whatsapp (011) 99546 8145 ou mande um e-mail para nelsonvieira@cibracoaching.com.br  você poderá fazer parte do nossa próxima edição.

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!