Quando crianças sempe ouvimos conselhos de pessoas próximas, pai e mãe principalmente, que devemos escolher uma carreira que nos dê estabilidade. Nessas situações, todavia, nunca ouvimos (ou ao menos questionamos) que tipo de estabilidade, mas a deduzimos como sendo a financeira, e quase sempe é dessa que se trata.

Fato é que a estabilidade emocional nunca foi considerada como um motivador para uma carreira de sucesso, e hoje, diante de tantos casos de doenças oriundas do estresse, mais e mais especialistas alertam para que se busque o equilíbrio emocional.

A pergunta é: como fazer isso num mundo tão dinâmico, e com tantas necessidades prementes que temos batendo à nossa porta?

Parece que vivemos sempre no olho do furacão e nunca conseguiremos nos libertar dele, das teias às quais nos emaranhamos, e assim vamos deixando a vida nos levar, como diz na música, sem muito pensar em nossa estabilidade emocional.

A ajuda profissional, de um coach de carreira, fazer atividades alternativas, voltadas para exercitar a mente (mente e não cérebro), são alguns meios de escapar dessa loucura chamada vida moderna.

Falo isso porque muitas vezes me deparo com profissionais altamente gabaritados, de extrema inteligência se sujeitando a cargos e funções em troca de parcos salários.

Dinheiro nunca pode ser o único motivador de uma carreira. Já que seu estímulo tem prazo de validade, e quando ele ainda é pouco, só servindo para pagar contas e sobreviver, logo seu valor se torna inútil, e reflete imediatamente no profissional, que se torna mediano, mero cumpridor de tarefas, que passa a despejar todo o seu descontentamento em seu cliente ou colegas de trabalho.

Para concluir, o que objetivo demonstrar nessas breves linhas é que seja lá o que se fizer, o tipo de profissional que deseja ser ou é, público, privado ou liberal, tem que ter amor, dedicação e apreço pela profissão acima de tudo. Com essa simples combinação, tanto a satisfação, quanto o benefício e reconhecimento financeiros virão.

Aproveite ao máximo o conteúdo deste artigo com nossas sugestões de leitura!