Autor: Pedro Braggio

Em 2017, pague à vista e seja simples

Sim, as lojas ficaram cheias por todo o Brasil desde que a primeira parcela do 13º salário foi paga, em 30 de novembro. Houve muita movimentação pelos centros comerciais, seja em bairros ou em shoppings. Todos estavam atrás de um presente para o amigo secreto, a família, a pessoa amada ou apenas buscando aproveitar promoções, às vezes, até para compensar alguma carência natural do fim de ano.

Leia mais…

Tempo de (re) nascer

Independentemente da religião, chegou o tempo de Natal e é muito difícil não ser impactado pelo forte apelo às compras, típico do período. Se você está pensando em ficar com as finanças no azul no novo ano, o primeiro passo para esse objetivo ser alcançado é não terminar 2016 com tantas dívidas.

Leia mais…

Ano novo, finanças novas

Faltando quase duas semanas para o fim do ano, já começamos a ficar ansiosos para as comemorações e mais ainda desejosos de que os próximos 365 dias sejam melhores, com mais oportunidades e menos dívidas. Alguns chegam a prometer que vão dar um jeito, finalmente, nas finanças!

Leia mais…

Fazendo o 13º durar além do Réveillon

O 13° salário está sendo pago aos trabalhadores desde o fim de novembro e você nem se lembra mais de quanto recebeu? Se já gastou toda a renda extra certamente precisa se educar financeiramente.

Leia mais…

Domando seu dinheiro para ser mais feliz

Segundo dados do SPC Brasil, 46% dos brasileiros não controlam seu orçamento financeiro, ou seja, não sabem se o resultado entre o que entra e sai em dinheiro na casa é positivo ou negativo. A consequência desse descuido é o endividamento, o pagamento de juros por atrasos em contas e, pior ainda, a sensação de que os sonhos nunca são realizados.

Leia mais…

O lado negro da Black Friday

Sim, ela chegou. Segundo a propaganda, este é o dia ideal no ano para comprar e economizar ao mesmo tempo. A Black Friday foi importada dos Estados Unidos e já pediu cidadania brasileira. Mas como será que posso aproveitar esses preços sem prejudicar o orçamento?

Leia mais…

Finanças: lazer é coisa séria

Lazer é um assunto sempre muito discutido nas consultorias que presto, tanto individuais quanto coletivas. Muitos me perguntam: posso ou não gastar com viagens, passeios e jantares? Não só pode, como deve. A educação financeira não pode ser vista como um meio somente para cortar despesas, pelo contrário, o ideal é sempre buscarmos um equilíbrio em nossas finanças. Por esse motivo, temos sim de nos preocupar em reservar um valor no orçamento doméstico para o lazer.

Leia mais…

Gasto é como unha, tem de aparar

Quantas vezes você corta as unhas ao longo do mês? Talvez as das mãos precisem de uma lixa ou um corte pelo menos uma vez por semana. A não ser que você seja ou queira ser tal qual o famoso Zé do Caixão!

A mesma orientação de cortar, aparar e diminuir vale para os nossos gastos, que precisam frequentemente ser revistos. O problema é que normalmente a gente só se atenta a eles quando a “coisa” fica feia.

Leia mais…

Buscando o parceiro ideal

Passamos a vida toda buscando pessoas para serem nossos parceiros. Desde a infância, na escola, temos aqueles mais próximos que dividem conosco o lanche, que dividem os brinquedos, os passeios, os trabalhos em grupo.

Quando a gente cresce e se torna “alguém” na vida, mesmo que inconscientemente, também buscamos outro alguém para partilhar, pois parceria é o que resume mais perfeitamente as relações humanas.

Leia mais…

Educação financeira: o dinheiro em movimento

“Quem repete um pensamento, cria uma ação. Quem repete uma ação, cria um hábito”, esse é um trecho de um provérbio hindu do qual gosto muito e serve para as nossas saúdes – espiritual, emocional, física e também financeira. E nas próximas linhas, farei uma comparação entre duas delas – a física com a financeira.

Leia mais…

© 2019 Literare Books

Theme by Anders NorenUp ↑